O poder da adoração | Dennes Rocha


Bom dia amigos! Td bem?

Vamos falar hoje sobre adoração!

Eu acredito no poder da adoração. O que eu não acredito é que a adoração por si mesma tenha algum poder. Adorar não é um ritual mistico, ela em si mesma não tem poder algum. O que faz diferença é a quem adoramos.

O dicionário traz uma definição interessante sobre adoração. Adoração, segundo o dicionário, é um amor em excesso, uma veneração e uma paixão. Se algo não tem essa força em seu coração então não é adoração, se torna apenas força de expressão como as do tipo "adoro batata frita".

 "Adoração, é um amor em excesso, uma veneração e uma paixão!"


Se a adoração é amar em excesso, amar com extravagância, então, qual atitude esse amor produz em nós? Bom, existe um comportamento unânime naquelas pessoas que amam muito alguém, elas tem a tendência de investir tempo admirando. Quando amamos alguém gostamos de ficar olhando suas fotos, observando seu jeito de falar e andar, seu jeito de vestir, seus gostos pessoais e procuramos juntar o maior número de informações possíveis sobre a pessoa amada. É mais ou menos o que faz uma adolescente de 12 anos que é fã do mais novo fenômeno do momento.

Contemplamos o que adoramos e a contemplação produz um resultado. O resultado final é que, a medida em que gastamos muito tempo contemplando alguém que amamos, vamos nos tornando parecidos com ela. Nos parecemos com quem admiramos. Esse é o ponto onde quero chegar.

Crescemos muitas vezes acreditando que Deus trabalha em nós por etapas. Como assim? Acreditamos que primeiro ele muda uma área da nossa vida, depois ele muda outra, e depois outra. Isso não é bem verdade. Simplesmente porque o propósito inicial de Deus não é mudar o nosso comportamento, mas mudar a nossa crença. Uma vez que mudamos nossa crença o nosso comportamento muda. É pela renovação da mente que somos transformados.

Mas como mudar uma crença? Como mudar algo em que acreditamos?

A resposta está naquilo que olhamos. Seguimos aquilo que vemos. Mudamos o que cremos quando mudamos a maneira como vemos. Talvez você discorde da afirmação que acabei de fazer mas ela é verdadeira. Já ouviu a frase "o que os olhos não vêem o coração não sente", é mais ou menos esse caminho. Abraão foi um exemplo disso, ele precisou primeiro ver as estrelas e contar, ele precisou ver para mudar o que ele cria. Isaque nasceu no momento em que Abraão mudou a crença que tinha acerca de si mesmo.

A essa altura você pode se perguntar: "- Mas o que isso tem a ver com o poder da adoração?"

Vamos voltar ao nosso raciocínio. Se adoração é amar em excesso, amar em excesso significa contemplar alguém, e ao contemplar alguém eu me torno parecido com ela, então, quando eu adoro a Deus e O contemplo isso me fará mais parecido com Ele. Esse é o grande poder da adoração.

A adoração não é uma tática para emocionar ou causar algum tipo de empolgação no público. E pasmem, DEUS NÃO PRECISA QUE O ADOREMOS, somos nós quem precisamos adorá-lo.

A verdade é que a nossa adoração não fará Deus mais Santo, Justo e Perfeito do que Ele já é! Mas, a medida em que nós nos aproximamos dele e simplesmente contemplamos quem Ele é, então NÓS somos transformados e nos tornamos parecidos com Ele.

"A verdade é que a nossa adoração não fará Deus mais Santo, Justo e Perfeito do que Ele já é!"


Por muito tempo eu acreditava que eu não poderia chegar diante de Deus se eu tivesse cometido algum erro porque eu poderia "sujar a Deus". Eu sei, isso é louco! Quanta arrogância eu tinha! Digo arrogância porque imagina se eu tenho poder pra tal feito. A minha sujeira não suja a Deus mas a santidade dele tem o poder para me tornar santo como Ele é.

Quanto mais eu adoro a Deus, quanto mais eu contemplo a sua maravilhosa graça e poder, quando mais olho para Ele com os olhos do meu coração então mais transformado eu sou. Existe alguma área da sua vida que precisa mudar? Alguma falha de caráter ou tentação que você não consegue vencer? Alguma situação difícil que você não consegue resolver?

Pare agora mesmo de tentar fazer na sua força. Isso mesmo, pare! Você não pode se transformar sozinho. Somente Deus pode fazer isso. O que eu e você devemos fazer é apenas gasta tempo adorando ao Senhor. Quanto mais você fizer isso, mais você vai ser transformado e mais vai se parecer com Ele, mais você vai crescer em glória!

Veja o que o apóstolo Paulo disse sobre isso:

Mas todos nós, que com a face descoberta contemplamos, como por meio de um material espelhado, a glória do Senhor, conforme a sua imagem estamos sendo transformados com glória crescente, na mesma imagem que vem do Senhor, que é o Espírito. (1 Co. 3.18)

0 Comentários